Dor no Abdome? Não Deixe Para Depois; Pode Ser Apendicite. – Empire Assessoria e Corretora de Seguros

Blog

Dor no Abdome? Não Deixe Para Depois; Pode Ser Apendicite.

/
Criado por
/
Comentário0
/
Categorias
Começa com uma dor fraca, ao redor do umbigo, que vai aumentando de intensidade e ficando mais bem localizada na parte baixa do abdome, à direita, acompanhada a falta de apetite, mal estar e febre baixa.  Falamos da apendicite, ou inflamação no apêndice, pequeno órgão linfático localizado na primeira porção do intestino grosso, cuja função é produzir defesas.
Não existe prevenção nesse caso
O diagnóstico é clínico, mas, como existem outras condições que têm a dor abdominal como queixa principal, os médicos que se deparam com esses casos precisam distinguir o quadro de outras causas desse sintoma, a exemplo de cálculo renal ou inflamação das trompas, ovários ou útero, nas mulheres. Para tanto, usam exames de imagem como a tomografia computadorizada e a ultrassonografia.
Uma vez excluídas outras possibilidades, o paciente só sai do hospital após a remoção cirúrgica do apêndice. Ocorre que, quando inflamada, há risco de essa estrutura se romper e contaminar a cavidade abdominal com bactérias e material fecal, o que pode levar a uma grave infecção local, com potencial de se disseminar para outros órgãos e pela corrente sanguínea.
Como não dá para prevenir a apendicite, a dica é não negligenciar a dor e procurar assistência médica quanto antes.
A culpa é do fecalito
Quase sempre a inflamação no apêndice deriva da obstrução de seu estreito canal. Como o órgão serve de passagem para as fezes em estado pastoso, eventualmente um fragmento fecal um pouco mais sólido pode fechar sua entrada, criando o ambiente ideal para a inflamação e a proliferação de bactérias.
Fonte:Bradescosaúde