A primavera é a estação do ano que precede o verão e, além de ser considerada a estação das flores, também é o período de uma grande variedade de legumes, verduras e frutas. Para auxiliar nas compras, a nutricionista do Hospital e Maternidade São Cristóvão, Cintya Bassi, dá dicas sobre as frutas típicas desta estação e seus benefícios.
Jabuticaba – É uma fruta nativa brasileira. Entre as suas espécies, a mais conhecida é a jabuticaba Sabará, que se destaca pela doçura dos frutos, tornando o consumo mais fácil. Também são empregadas na culinária para fabricação de geleia, suco, licor e vinagre. A casca possui coloração arroxeada devido à presença de antocianinas, um fito esterol que possui propriedades antioxidantes e, portanto, auxilia no combate aos radicais livres. Também apresenta pectina, importante fibra para a regulação intestinal que exerce efeito positivo no combate ao colesterol. Na polpa, encontramos ferro, fósforo, vitamina C e niacina.
Amora – Essa fruta é originária da Ásia, porém cresce muito bem em solo brasileiro. Os frutos da amoreira possuem boas quantidades de vitaminas A, C e do complexo B, além de um mineral chamado silício, importante no estimulo às proteínas de sustentação. Possui também potássio e, por isso, tem sido cada vez mais consumida por praticantes de atividade física. Além de ser fonte de pectina e possuir efeito laxativo, as amoras na culinária são utilizadas para o preparo de geleias, sorvete, torta, xarope, licor e compotas, entre outros.
Pêssego – Essa fruta é originária da China e possui boa quantidade de antioxidantes, entre eles destacam-se a zeaxantina, luteína e beta caroteno, que apresentam ação protetora contra alguns tipos de cânceres e diminuem o risco de patologias oculares. Também há vitamina C e E, que tem ação imune protetora, além de niacina, vitamina do complexo B, que contribui para a produção de energia. Entre os minerais mais abundantes da fruta destacam-se o potássio, importante regulador da pressão arterial, e o manganês, associado à formação de tecido conjuntivo e ósseo, crescimento e reprodução. Na culinária, é utilizado no preparo de tortas, mousses, bolos, geleias, suco, entre outros.
Acerola – Essa fruta destaca-se pela sua quantidade de vitamina C, amplamente divulgada na mídia e que é um importante fator de melhora para o sistema imunológico. Também possui beta caroteno, que, além da atividade de pró vitamina A, participa como antioxidante do sistema imunológico.
Laranja Lima – Essa fruta é rica em vitamina C, um poderoso antioxidante que reforça o sistema imunológico e, além disso auxilia a absorção do ferro. A vitamina C também tem sido recomendada no combate ao tabagismo, por reduzir a secreção de cortisol, hormônio presente na resposta ao stress e, assim, reduzindo a vontade de fumar. Devido o baixo teor de acidez, costuma ser bastante indicada para gestantes e crianças. Também possui potássio, vitaminas do complexo B e fibras.
Nectarina – A nectarina é fonte de vitamina C e carotenoides, como o betacaroteno e a criptoxantina, nutrientes com poder antioxidante que ajudam a neutralizar a ação dos radicais livres. Contém ainda luteína, importante para a visão e que ajuda a reduzir o risco de doenças como a degeneração macular e catarata. Os flavonoides encontrados na fruta podem auxiliar na prevenção à agregação plaquetária, reduzindo o risco de aterosclerose. A fruta também é fonte de potássio, ácido fólico e fósforo.
 Fonte: São Cristovão