Sinusite atinge uma em cada cinco pessoas – Empire Assessoria e Corretora de Seguros

Blog

Sinusite atinge uma em cada cinco pessoas

/
Criado por
/
Comentário0
/
Categorias

Causada por uma bactéria ou um vírus, a sinusite é uma inflamação na mucosa que reveste internamente o nariz e os seios da face, região ao redor do nariz, maçãs do rosto e olhos. De acordo com a Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF), de 15 a 20% da população mundial é vítima do problema. Muito comum em adultos e que acomete mais mulheres, é classificada em duas categorias: a aguda e a crônica.

A aguda pode ser desencadeada por diversos fatores, como uma alergia, uma gripe, um resfriado, a poluição do ar, podendo desaparecer até mesmo sem necessidade de tratamentos médicos. Já a crônica pode ser causada por infecções mais graves, durar semanas e necessitar de tratamento com antibióticos.

Sintomas da sinusite

A sinusite crônica e a aguda têm sintomas parecidos, como dores locais e de cabeça, tosse, congestão nasal, fadiga, febre, dificuldade para dormir, dor e irritação na garganta, inchaço no rosto, inflamação nos ouvidos, entre outros. O que diferencia um tipo do outro é a duração dos sintomas. Na aguda, a pessoa tem episódios que passam, com ou sem o uso do medicamento. Já na crônica, os sintomas são mais frequentes, causando adicionalmente alterações de humor e irritabilidade.

Diagnóstico e tratamento da sinusite

Em caso de surgirem os sintomas descritos acima, é importante que um médico seja procurado para um diagnóstico específico e também para a prescrição de tratamento. Para uma melhor análise do quadro, o profissional pode solicitar a realização de exames de imagem, como raios X do crânio, testes de alergia, culturas nasais, entre outros.

O tratamento da sinusite tem como foco a melhora dos sintomas e a diminuição da inflamação. Para isso, o médico pode indicar hidratação adequada, com umidificação do ambiente, por exemplo, e evitar a exposição a agentes que possam desencadear crises alérgicas. A lavagem nasal também é muito importante, pois ajudará a limpar as cavidades nasais e também a hidratar as mucosas. Além disso, podem ser usados descongestionantes nasais e sprays específicos para o tratamento.

Nos casos de sinusite bacteriana, pode ser necessário o uso de antibióticos.

Fonte: GNDI